Sintomas COVID-19

A doença COVID-19

Os coronavírus constituem uma família de vírus que podem causar doenças como uma simples constipação, a síndrome respiratória aguda grave (SARS) e a síndrome respiratória do Médio Oriente (MERS). No início de 2019, um novo coronavírus foi identificado como a causa de um surto da doença com origem na China, mais concretamente em Wuhan.

Este vírus é agora conhecido como coronavírus 2 (SARS-CoV-2). A doença que causa é chamada de Doença do COronaVIrus 2019 (COVID-19). Em março de 2020, a Organização Mundial da Saúde (OMS) declarou o surto da COVID-19 uma pandemia.

Além da OMS, a Direcção Geral de Saúde estão a monitorizar a evolução diária dos casos em Portugal. Ao longo do tempo foram emitidas recomendações para prevenir e tratar a doença.

Sintomas da COVID-19

Os sinais e sintomas da COVID-19 podem aparecer entre 2-14 dias após a exposição ao vírus. O tempo que decorre após a exposição e antes de apresentar sintomas é denominado período de incubação. Os sinais e sintomas comuns podem incluir:

  • febre (temperatura ≥ 38.0ºC)
  • tosse
  • dor de garganta
  • cansaço
  • dores musculares

Os sintomas iniciais de COVID-19 podem ainda incluir perda de paladar ou olfato.

Outros sintomas que podem surgir:

  • Falta de ar ou dificuldade em respirar
  • Arrepios
  • Corrimento nasal
  • Dor de cabeça
  • Dor no peito

As crianças apresentam sintomas semelhantes aos dos adultos e geralmente apresentam um quadro sintomático mais ligeiro.

Nos casos de maior gravidade pode evoluir para pneumonia grave, síndrome respiratória aguda grave, septicémia, choque sético e morte. Esta evolução pode ocorrer em menos de uma semana desde o início dos sintomas.

Foram ainda descritos outros sintomas raros, como erupções na pele, náuseas, vómitos e diarreia.

Os mais idosos apresentam um maior risco devido ao COVID-19 sendo que o risco aumenta com a idade.

Os doentes crónicos podem ter um maior risco para formas mais graves da COVID-19. As doenças que podem contribuir para esse maior risco são:

  • Doenças cardiovasculares graves (insuficiência cardíaca, doença coronária isquémica ou cardiomiopatias)
  • Neoplasias
  • Doença pulmonar obstrutiva crónica (DPOC)
  • Diabetes Mellitus tipo 2
  • Obesidade
  • Doença renal crónica
  • Anemia falciforme
  • Transplantados

Realização de exames na Cardio At Home

Recomendamos a leitura do nosso compromisso de segurança. Se tiver algum dos sintomas acima descritos deverá adiar o seu exame até ter esclarecido as causas dos sintomas e falar com o seu médico assistente.

Written by

No Comments Yet.

Leave a Comment

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.