Morte súbita em jovens

Paragem cardiorespiratória em jovens atletas

A morte recente de um atleta, sobretudo conhecido, como é o caso do Davide Astori, que aparentemente faleceu de uma paragem cardiorespiratória, causa sempre algum receio no seio da opinião pública, sobretudo nos que praticam uma atividade física. Aproveitamos para contribuir e abordar o tema da morte súbita cardíaca.

 


Morte súbita

A morte súbita em pessoas com menos de 35 anos é um evento raro e muitas vezes é causado por problemas congénitos cardíacos não diagnosticados ou anormalidades cardíacas desconhecidas. Quando acontecem, neste grupo etário, é frequente acontecer durante a atividade física, sendo que ocorre mais em homens do que nas mulheres.

A maioria das mortes por morte súbita é em adultos mais velhos, sobretudo em indivíduos com doença coronária. A morte súbita consiste na principal causa de morte em jovens atletas, mas a incidência não é clara.

As causas da morte súbita cardíaca em jovens são variadas. Na maioria das vezes, é devido a uma anormalidade estrutural cardíaca com consequências directas no sistema eléctrico do coração, fazendo com que tenha batimentos descontrolados (arritmia). Esta arritimia é conhecida como fibrilhação ventricular.


Causas

Algumas causas identificadas de morte súbita cardíaca em jovens incluem:

  1. Cardiomiopatia hipertrófica (CMH): Esta alteração no músculo cardíaco geralmente é genética. As paredes do miocárdio tornam-se mais espessas. O músculo mais espesso pode perturbar o sistema elétrico do coração, levando a batimentos cardíacos rápidos ou irregulares (arritmias), o que pode levar à morte súbita. A cardiomiopatia hipertrófica, embora não seja fatal, é a causa mais comum de morte súbita (causa cardíaca) em pessoas com menos de 30 anos, sobretudo atletas. A CMH muitas vezes não é detectada precocemente.
  2. Anormalidades nas artérias coronárias: Algumas pessoas podem nascer com as artérias que irrigam o músculo cardíaco (artérias coronárias) com alguma malformação. As artérias podem obstruir durante o exercício e não fornecer um fluxo sanguíneo adequado para o coração.
  3. Síndrome do QT longo: Consiste num distúrbio hereditário do ritmo cardíaco que pode causar batimentos cardíacos rápidos e descompassados, muitas vezes provocando desmaios. Os jovens com síndrome do QT longo apresentam um risco aumentado de morte súbita. Além dos síndrome do QT longo, outras problemas do sistema eléctrico do coração podem causar morte súbita, como por exemplo a síndrome de Brugada.
  4. Outras causas de morte súbita cardíaca em jovens: anormalidades estruturais do coração, sobretudo congénitas e anormalidades no músculo cardíaco. Inflamações do músculo cardíaco, que pode ser causada por vírus e outras doenças.
  5. Commotio cordis: causa rara de morte súbita cardíaca, que pode ocorrer em qualquer pessoa, deriva de um impacto no peito (por exemplo, ser atingido por um disco num jogo de hóquei). Este golpe pode desencadear a fibrilhação ventricular se o impacto se der, exatamente, num determinado período do ciclo elétrico do coração.

Sintomas

Muitas vezes, a morte súbita ocorre sem aviso prévio, mas existem sinais/sintomas que deverá estar atento:

  1. Desmaios sem causa aparente, sobretudo durante a atividade física, pode ser um sinal de que pode haver um problema com o seu coração.
  2. História familiar de morte cardíaca súbita. O outro sinal de alerta importante é uma história familiar de falecimentos sem causa aparente em indivíduos jovens.
  3. A falta de ar ou a dor no peito podem sugerir problemas cardíacos, embora sejam também causas de outras doenças em jovens como a asma.

Em qualquer um dos casos deve consultar o seu médico de família.

Written by

No Comments Yet.

Leave a Comment

Time limit is exhausted. Please reload the CAPTCHA.